Curiosidade

Fotografias que deixam qualquer pessoa com inveja por não ter uma igual

Fotografias que deixam qualquer pessoa com inveja por não ter uma igual

A fotografia digital nos permitiu tirar fotos de tudo que nos inspira. Todos os dias, em todo o mundo, as pessoas publicam milhões de fotos em suas redes sociais.

Mas algumas pessoas levaram isso a um outro nível, sem muito esforço, armados apenas pela criatividade.

Confira:

Juntar os colegas é a melhor maneira de tornar uma foto inesquecível

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 1

 

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 2

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 27

E por que não adicionar alguns ingredientes criativos às fotos de família?

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 3

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 4

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 5

Procurando por algo engraçado? Seus amigos sempre podem ajudar!

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 6

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 7

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 8

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 9

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 10

Cansados das mesmas fotos de viagens? Aqui vai alguma inspiração:

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 11

 

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 12

Use sempre sua imaginação, qualquer coisa serve.

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 13

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 14

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 15

Que tal fotos românticas? O amor fica ainda mais lindo com um pouco de criatividade e humor.

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 16

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 17

Fotos que deixam qualquer com inveja 18

A natureza é inspiradora! Sempre olhe ao redor.

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 19

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 20

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 21

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 22

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 23

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 24

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 25

Se você ainda não consegue tirar fotos tão incríveis, não se preocupe, pois o momento certo virá. E até lá, que tal publicar fotos de gatinhos? Eles são os reis da popularidade…

Fotos que deixam qualquer pessoa com inveja 26

A verdade por trás das fotografias profissionais

A verdade por trás das fotografias profissionais

No Facebook, vez ou outra, nos deparamos com várias imagens intituladas com “O Local” e “A Foto”, mostrando como o olhar e a técnica do fotógrafo fazem  de um lugar simples e, às vezes, até feio se tornar o cenário poético de uma bela fotografia.

E essa é a verdade por trás das fotos profissionais, como mencionado no título: não é o equipamento de última geração, a câmera “foda”, o cenário perfeito, mas o refinado olhar do fotógrafo. 

Nesta postagem trazemos uma seleção do fotógrafo brasileiro Gilmar Silva, com o projeto “LUGARXPHOTO” que mostra diversos bastidores comuns de fotos incríveis.

“Deite, pule, corra, suba em arvores e faça a diferença, independente do lugar… O simples nos encanta…”, escreve Silva, que ressalta: “Não procure lugares, procure ângulos”

Veja as fotos de Gilmar :

Da terra à Terra – Sebastião Salgado

Da terra à Terra – Sebastião Salgado

Sebastião Salgado é conhecido mundialmente por suas fotografias em preto e branco que conseguem passar histórias completas em apenas um quadro. Um fotógrafo que consegue passar tanto sentimentos em fotos, também nos surpreendeu na escrita.

Da minha terra á Terra é uma autobiografia, mas, assim como nas suas fotos, Sebastião Salgado não se delonga, ele vai direto aos pontos importantes (talvez por isso um livro tão curto). Não sei bem o que esperava do livro, acho que uma história de um sempre apaixonado por fotografias que acabou criando uma obra maravilhosa. Mas não foi bem assim.

“Para alguns, sou um fotojornalista. Não é verdade. Para outros, sou um militante. Tampouco. A única verdade é que a fotografia é minha vida.”

O autor faz questão de nos contar que a fotografia na vida dele foi uma coisa que surgiu de uma forma simples e que tomou o seu coração. Mas, vamos deixar um pouco a fotografia de lado, um dos pontos mais interessantes do livro todo é a questão política e social, Sebastião foi morar na França por causa da Ditadura de 64, sua história de vida está envolta em um plano político muito interessante. Ele deixou o Brasil, daí um pouco da ideia do projeto Êxodos, mas jamais deixou de acompanhar a política do país.

Como um artista ele encaixa e vê o seu tempo, suas fotos estão aí para mostrar como o mundo é enorme. E isso foi um dos pontos da biografia que mais me tocou, Sebastião Salgado andou o mundo, conheceu culturas e respeita muito isso. O seu amor pela diversidade e humanidade é uma coisa maravilhosa de conhecer. Em partes do livro ele descreve a África, Brasil, Antártica, guerras e muito sofrimento que presenciou e fotografou principalmente para os projetos “África” e “Êxodos”.

Ninguém tem o direito de se proteger das tragédias do seu tempo, porque somos todos responsáveis, de certo modo, pelo que acontece na sociedade em que escolhemos viver.

É interessante notar também, como Gênesis foi uma inovação para ele. Antes ele não fotografava tanto a natureza, não da forma relatada em Gênesis, o projeto é o ponto de abertura e de fechamento do livro. Logo no começo, Sebastião Salgado conta a história de como tirou a foto de uma tartaruga na Ilha de Galápagos e como tudo isso tem ligação em todos nós, em Darwin e como o ser humano não está só ligado entre si, mas com a natureza e os animais também. Ao final ele conta um pouco mais detalhadamente como foi a criação do Gênesis, como foi conhecer lugares que pouco ou nada mudaram com o tempo.

E, outro ponto interessante é o seu contato com os índios e novamente voltamos à diversidade. O mundo é absurdamente enorme e ler ou ver coisas que Sebastião Salgado produziu é se deixar levar por elas e sentir vontade de conhecer todo esse universo enorme por aí.

Contando sua história de vida, Sebastião Salgado também te leva a pensar na insignificância e importância do ser humano, a beleza da natureza, de como precisamos cuidar um dos outros e do planeta terra também. E que, por outro lado, existem pessoas que não pensam muito bem assim, que querem se aproveitar um dos outros, tirar vantagem e acabam destruindo a si próprios e tiram um pouco da beleza do mundo.

Outro ponto interessante é como ele viveu desde dos seus 20 anos junto com sua esposa, como ela também faz parte da sua história, dos seus projetos e como, juntos, acabaram deixando o mundo um pouco melhor.

O título não poderia ser melhor “Da minha terra á Terra”, vemos a visão do Sebastião sobre o Brasil e sua terra aqui e a Terra, de como esse fotógrafo viu e relata um boa parte desse mundo enorme e maravilhoso.

E, para aqueles que querem ler, deixo link para a versão em PDF.

Boa Leitura!!!

Fotografia Preto e Branco – História, Técnicas e Dicas

Fotografia Preto e Branco – História, Técnicas e Dicas

Conheça algumas dicas simples e práticas sobre como tirar fotos em preto e branco e dar uma maior expressividade em seus trabalhos

Quando a fotografia surgiu oficialmente em 1826, as imagens capturadas pelas câmeras da época eram em tons de cinza. Atualmente, depois de dois séculos da descoberta, a fotografia em preto e branco está em seu auge. Mesmo com a evolução tecnológica da área, a elegância, expressividade e o charme desse tipo de fotografia prevalecem, mesmo na era digital. 

ICHS – Mariana/MG – Ailton Fernandes fotografia

Não podemos negar que, com os avanços tecnológicos, ficou muito mais fácil fazer fotografia em preto e branco. Quando for fazer esse tipo de foto, mude em sua câmera o estilo da imagem para monocromático e deixe em RAW. Quando descarregá-las em seu computador, você pode fazer a edição usando as cores. O fato de não enxergar as cores, faz o seu cérebro enxergar apenas luz e sombra, tecnicamente.

Você deve saber reconhecer os contrastes vendo tons escuros e claros. Para fazer fotografia em preto e branco, evite deixar o casal, o modelo ou objeto num tom de cores parecidos com os deles. Se o foco é mais claro, leve-o para um fundo que seja mais escuro ou vice-versa. Se for fazer ensaios na praia, procure deixar o mar ou as pedras no fundo da imagem. Ensaios fotográficos no campo podem ser mais fáceis, pois a vegetação tem cor mais escura, o que facilita o contraste.

Para que a fotografia em preto e branco fique mais nítida, procure usar a luz sempre atrás de quem fotografa. Evitar a contra-luz é um dos segredos desse tipo de fotografia. É óbvio que existem lindas fotos em preto e branco contra o sol, mas é algo mais particular ou artístico. Com a luz direta sobre o objeto a tendência é fecharmos ainda mais a abertura, melhorando a nitidez e o foco. Não se preocupe com o ISO, pelo menos nesse caso.

Você sabe que existem dois tipos de fotos: a preto e branco e a colorida. Cuidado com determinados softwares quando for fazer a edição de suas fotos, pois eles mudam tons escuros para azul, roxo, verdes (bem escuros), o que pode tornar seu trabalho um fiasco. Se você quer fazer fotografia em preto e branco, a primeira coisa que deve fazer é mudar a foto para tais cores. Depois você pode editar com calma e fazer os ajustes. Lembre-se de que em fotos em preto em branco, menos é mais. Portanto, procure fazer o realce das fotos apenas usando o contraste e a exposição.

Ouro Preto – Final de tarde – Ailton Fernandes Fotografia

Como foi dito anteriormente, deixe sempre na posição monocromático, em RAW e depois vá para seu evento, casamento ou ensaio fotográfico. Lembre-se de que a cada cena, a luz muda, o horário interfere na mudança da luz e até o movimento das pessoas interfere nisso. Fazer fotografia em preto e branco depende muito da luz e da atenção do fotógrafo. Até a temperatura pode interferir no processo e para não ter surpresas desagradáveis, deixe o WB sempre no automático.

Mulher Trabalhadora – Ailton Fernandes Fotografia

Você deve ter percebido que fazer fotografia em preto e branco exige muita atenção aos detalhes, certo? Para que seu trabalho passe toda a expressividade que deseja, a hora da edição é uma das mais importantes. Utilizando o LR, comece convertendo para preto e branco e aumente o contraste, o que destaca ainda mais o foco da fotografia. Não se esqueça de tirar os pontos excessivos de luz. Tudo deve ser na medida certa, combinado?

Ailton Fernandes – Fotografia

A regra é simples!  Toda fotografia em preto e branco deve transmitir expressividade e nunca emoção ou sensibilidade. Se a foto passa essas percepções, tire a cor. O problema é que, sem perceber, as pessoas substituem todas as sensações que cada cor remete pelo sentido real da foto. Uma lágrima, um sorriso ou um abraço, qualquer que seja o gesto, se uma foto estiver em preto e branco, ela apenas vai conduzir o olhar. Isso faz toda a diferença em um trabalho assim.

Book fotográfico – Ailton Fernandes fotografia

A morte da fotografia

A morte da fotografia 

A tecnologia sempre está provocando mudanças no nosso estilo de vida. Na história da fotografia já ocorreram várias. Uma das mais notáveis foi da saída do analógico para o digital, mas há quem diga que a morte da fotografia está chegando, será?

O que Sebastião Salgado fala sobre a morte da fotografia:

Numa entrevista, o grande fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado afirmou que a fotografia estaria morta em 20 anos. 😱😨

Vamos lá entender essa história melhor! Sebastião Salgado enfatizou o fato do que o visto hoje com a fotografia através de câmeras digitais e celulares não pode ser considerado realmente a fotografia verdadeira. Em sua visão, a fotografia impressa é a arte final do fotógrafo – já que proporciona o contato real com a obra pronta. Só teria acesso a arte de verdade quem tem contato com o material impresso.

Uma nova relação de intimidade

Não podemos negar que o que vemos em facebook e instagram também são fotografias, mas a nossa maneira de vê-las é bem diferente das impressas. O jeito que nos relacionamos com a fotografia hoje, já é bem diferente de 30 anos atrás. Naquela época, a fotografia impressa e os álbuns eram uma obrigação – não uma opção.

A parte preocupante para o fotógrafo é que todos estão começando a ter um acesso facilitado com a fotografia digital. Muita gente já anda com o celular com alta capacidade fotográfica no bolso. É bacana por ter se tornado mais acessível, nasceu uma cultura de abundância em relação a fotografia – em todo lugar tem.

Mas o que sabemos é que o valor de um momento sempre vai ser o mesmo, sempre queremos ter esses registros. Mas a forma final de entrega deles é que deve mudar. Quem sabe como a fotografia vai ser feita e entregue em algumas décadas?! A nossa maneira de se relacionar tem mudado. A tecnologia tem evoluído numa velocidade sinistra – pode parecer teoria da conspiração – mas imagina só a fotografia ser feita através do vídeo?! Já é comum removerem alguns frames de vídeo e publicarem como foto. Com as câmeras evoluindo e o vídeo também se tornando acessível, não podemos ter noção de onde tudo isso vai parar! Talvez criemos realidades virtuais do momento e a “fotografia entregue” sejam um modo de reviver o momento como um observador. 👓

As novas gerações

Quem garante que as próximas gerações vão continuar gostando de ter tudo em papel e apreciando vagarosamente os detalhes?! A nossa relação com as memórias também pode mudar e isso pode ser uma das causas da morte da fotografia do jeito que a gente conhece hoje. Nada impede o futuro de desenvolver alguma maneira que a gente nem conhece para guardar as memórias.

O que importa

Então, não apenas se avalie como um fotógrafo que é reconhecido pelo equipamento que usa. Comece a se ver como um profissional da imagem – é isso que somos. Se o modo de fotografar mudar ao longo dos anos, nós podemos nos adaptar para entregar o melhor. Mas o que temos por dentro para sermos bons contadores de histórias é o que a tecnologia não tem facilidade de mudar. Já passamos por um processo parecido com a mudança do analógico para o digital, muitos ficaram pra trás e muitos se adaptaram. Vamos ser dos que se adaptam e crescem com o mercado. o/

E agora, vocês acham que a morte da fotografia está próxima?!

Uma dica extra

É comum a gente já ter pacotes que vendam a fotografia em arquivos digitais sem incluir a impressa. Mas esse discurso todo de Sebastião Salgado pode ser uma mãozinha pra te ajudar na venda de álbuns. Que tal dar uma testada?! Afinal, a fotografia impressa tem uma certa magia ao ser vista.

Brasileiro divulga projeto em que fotografa mulheres antes, durante e depois do orgasmo

Brasileiro divulga projeto em que fotografa mulheres antes, durante e depois do orgasmo

O fotógrafo brasileiro Marcos Alberti lançou recentemente um projeto para quebrar os tabus sobre a sexualidade feminina e celebrar toda a glória de um orgasmo. A série de fotografias consiste em registrar o rosto de mulheres antes, durante e depois do clímax.

Foram chamadas algumas modelos de várias nacionalidades, inclusive de culturas mais conservadoras como China ou Singapura. Pra cada mulher foi distribuído um “brinquedo” que a levou aos 4 momentos das fotos a seguir.

Você pode ver mais informações sobre o projeto no site oficial, no Facebook ou no Instagram de Marcos.

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

Women-Orgasm-Photography-Marcos-Alberti

 

Running WordPress & Boot Store theme